{Crítica} O Quarto de Jack




Vocês já pararam para refletir no aprendizado de uma criança? Como é o contato dela com o mundo a partir de seu crescimento? Qual o papel da mãe durante tudo isso? Esse é um dos principais temas abordados em O Quarto de Jack (Room), cheio de beleza e delicadeza com direito a muita emoção.

O filme conta a história de Jack (Jacob Tremblay), de cinco anos, e Ma (Brie Larson), sua mãe, que vivem num pequeno quarto. Eles comem, brincam, dormem e aprendem tudo nesse ambiente, mas, para o que parece ser o mundo de Jack, esse Quarto é a prisão em que sua mãe tem sido mantida contra sua vontade.

Há 7 anos, Joy foi sequestrada pelo Velho Nick (Sean Bridgers) e desde então vem sendo abusada sexualmente. Jack é fruto desses abusos. Ele cresce no Quarto sem contato com o mundo exterior, achando que o que existe são apenas as coisas do quarto, sua mãe e o Velho Nick, o resto sendo apenas invenção da televisão que eles tem.

Criando seu filho há cinco anos, Ma o protege da verdadeira situação em que eles se encontram, garantindo a inocência da criança. Porém, as crianças crescem e a vontade de sair do Quarto nunca abandonou a mente de Ma, levando-os a bolar um plano arriscado de escape.

Por mais que o filme pareça ser um suspense, não é o caso. É certo que há momentos de tensão durante a trama, mas o foco está no drama. Acompanhamos a devoção e o amor de Ma com o seu Filho de Jack, que tem uma inocência impressionante, o medo do desconhecido e ao mesmo tempo a vontade de conhecê-lo.

Durante o filme temos algums divagações sobre o mundo sob o ponto de vista de Jack, que são capazes de emocionar qualquer um. A incocência e ingenuidade está mais do que presente nas falas do garoto que, sem saber, vive uma vida cruel e privada de tudo, mas que não o impede de ser feliz, já que é a única coisa que ele realmente conhece.

A criatividade da história realmente me impressionou. O enredo até parece ser comum, mas não é de jeito nenhum. É algo inédito e genial. Tenho que agradecer primeiro a autora do livro, do qual o filme foi adaptado, por ter feito algo tão criativo e depois ao diretor por trazer um filme cheio de emoção e beleza.

Toda essa beleza e emoção também é por conta das atuações. Jacob Tremblay, que interpreta o Jack, atua de forma extraordinária para uma criança de nove anos, sua idade real, conseguindo transmitir cada sentimento e emoção ao público. Brie Larson, que interpreta Ma, também não fica pra trás, pois sua imersão no enredo é mais do que evidente, fazendo d'O Quarto de Jack uma experiência ainda mais maravilhosa. É um filme indicado para todos, rico em ensinamentos e reflexões e que permanece em nossa mente.

O filme foi indicado em quatro categorias do Oscar, sendo elas Melhor Filme, Melhor Diretor (Lenny Abrahamsom), Melhor Atriz (Brie Larson) e Melhor Roteiro Adaptado (Emma Donoghue). Me arrisco a dizer que pelo menos as categorias de Melhor Atriz e talvez a de Melhor Roteiro Adaptado estão garantidas (isso se não formos surpreendidos com a de Melhor Filme).


Título: O Quarto de Jack (Room)
Elenco: Brie Larson, Jacob Tremblay, Joan Allen, Sean Bridgers +
Direção: Lenny Abrahamson
Gênero: Drama
Duração: 118 min.
Classificação: 14 anos
Avaliação: 

19 comentários :

  1. Oiee,
    Eu vi que o filme foi indicado ao oscar mas não tinha visto nem o trailer, me interessei por ele, acho que vou assistir antes de domingo hehe.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie, tô querendo assistir e ler a adaptação. Me parece uma história fantástica.
    Li algumas criticas sobre o livro e achei interessante como o menino foi criado e tudo que acontece ao redor dele.
    Acredito ser um filme que vale a pena.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. eu tinha lido umas criticas a respeito, e soube tbm do livro, e fiquei realmente impressionada com a trama... já quero logo conferir a obra escrita e o filme, que possui uma bela fotografia... ^^

    ResponderExcluir
  4. Oiii
    Eu estou bem curiosa para olhar este filme, hoje mesmo passou o trailer na televisão e me deixou louca para assistir.
    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Te recomendo fortemente que leia o livro. Ele é narrado pelo Jack. Esse é sem dúvidas, um dos melhores livros que já li na vida.

    Bjs.

    Ciadoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa essa história é demais! O livro e o filme são fantásticos! Jack é um narrador e tanto, fiquei angustiada quase sem ar enquanto via o filme e o desenrolar da história. Acho que o Jacob deveria ter sido indicado a melhor ator junto com a Brie, porque o trabalho que eles fazem juntos nesse filme é maravilhoso!

    Beijos.
    www.escritacolorida.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, ainda não tive a oportunidade de conferir esse filme, mas já está na lista ;)

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  8. Amei seu post! Estou louca para assistir o filme, mas queria ler o livro antes. Porém, a curiosidade é tanta que não sei se vou aguentar! Enfim, espero muito que O Quarto leve pelo menos uma estatueta, porque pelos comentários que venho lendo, é um filme maravilhoso.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    adorei seu post! Esse livro bem como o filme devem ser sensacionais, quero ler e assistir ainda esse ano! www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  10. Lucas, ainda não vi o filme, mas ele é um dos indicados que eu mais quero ver.
    A história é forte e do tipo que prende a sua atenção.
    Quero muito e espero que ganhe as categorias que foi indicado, principalmente o de atriz.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  11. Oii
    eu ganhei o livro e ingressos, estou louca para ler e assistir hahah boa dica de filme e amei sua resenha, que bom que curtiu tanto o filme

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Uoooou. Que enredo, que fotografia, que drama. Gostei muito da proposta do filme e com certeza vou me emocionar assistindo. Eu li duas outras resenhas sobre ele e a sua veio apenas adicionar ainda mais elementos que valorizo para incluí-lo entre minhas prioridades. É triste ver uma história como essa e saber que representa muitas realidades. :(

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Minha nossa que filme!!!!!!!
    Confesso que não é o tipo de filme que eu curto assistir, mas sem dúvidas o veria!!!

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Nossa!!! Conheci o filme ao ser indicado ao Oscar, mas não sabia do que se tratava... Fiquei apaixonada... simplesmente PRECISO assistir!!!

    Bjss
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Quero muito ver esse filme, mas vou terminar a leitura primeiro - que não deve demorar já que estou praticamente devorando o livro! Li críticas ótimas ao filme e se já estou me acabando de chorar com o livro imagino como vai ser quando assistir.
    Bjs!
    Quem Lê, Sabe Porquê

    ResponderExcluir
  16. Oi Lucas!!!
    Assisti o filme no domingo, e me emocionei horrores!!! Achei linda a sua forma de representar a obra em palavras, com termos muito bem escolhidos!
    Agora que chorei litros no cinema comecei a ler e vou te adiantar que acho que vou ficar desidratada já que ele é narrado por Jack!
    A trama é incrível é realmente os atores são estupendos!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  17. Você leu o livro? Porque o livro é igualmente sensacional, embora toque um ponto diferente da alma. Eu diria que o filme foi uma ótima adaptação, está muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  18. Ain, carambas, acho que esse filme vai acabar com o meu emocional, não tenho estruturas. Quero ler primeiro o livro para depois assistir ao filme, mas, putz, tá difícil demais, a curiosidade não tá deixando. Só pelas resenhas que li, já sinto vontade de chorar... Sabe, só de imaginar que enquanto eu estou aqui, lendo sua resenha e escrevendo esse comentário, milhares de mulheres estão nessa situação, já bate uma tristeza.

    Abraços,
    Karina do blog Eu e Minha Cultura.

    ResponderExcluir
  19. Oi,tudo bem?
    Eu imaginava um suspense, mas endo drama acho que só assistiria se realmente não tivesse opção.
    Bjs

    ResponderExcluir