{Resenha} O Lar da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares



Título: O Lar da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares (O Lar da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares #1)
Autor: Ransom Riggs
Editora: Intrínseca
Tradução: Ângelo Lessa
ISBN: 788551000687
Número de Páginas: 352
Ano: 2016
Classificação: 

Tudo está à espera para ser descoberto em O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, um romance inesquecível que mistura ficção e fotografia em uma experiência de leitura emocionante. Nossa história começa com uma horrível tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo, por mais impossível que pareça, ainda podem estar vivas. Uma fantasia arrepiante, ilustrada com assombrosas fotografias de época, O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares vai deliciar adultos, adolescentes e qualquer um que goste de aventuras sombrias.

Eu já tinha realizado a leitura desse livro em 2013, mas não inteira, faltaram pouquíssimas páginas para terminá-lo, porém não sei porque eu não quis terminar e ele ficou na estante até recentemente, quando a Intrínseca lançou o segundo volume, Cidade dos Etéreos, o que me animou a tentar ler de novo. E foi bom, porque, tudo o que não aconteceu na primeira leitura, aconteceu nessa e o resultado foi bastante positivo.

{Resenha} Caraval



Título: Caraval (Caraval #1)
Autor: Stephanie Garber
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581638560
Número de Páginas: 400
Ano: 2017
Classificação: 

Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta. Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele.
Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-los está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível.
O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.

É um tanto engraçado começar a ler um livro sem saber nada sobre ele. A expectativa é nula, o que acaba tornando as coisas um pouco mais fáceis, acredito, em caso de "decepções", porém, quando acaba sendo uma surpresa positiva, tornando a leitura um pouco mais divertida e interessante. E foi o que aconteceu comigo durante a leitura de Caraval, de Stephanie Garber. 

{Especial Matéria Escura} Elenco Ideal




Eu sou fã de adaptações e fico muito animado com o anúncio delas, principalmente quando é de algum livro que eu gostei bastante. Matéria Escura, de Blake Crouch, já teve seus direitos vendidos para o cinema e eu acredito que o livro tem potencial para se tornar um ótimo filme, se bem produzido. 

Ao lermos uma obra, acabamos imaginando o personagem pelas características descritas (as vezes não), e isso interfere quando sabemos que ele será adaptado, nos fazendo imaginar qual ator ou atriz seria bom para interpretar tal personagem. E é isso que eu vim falar no post de hoje: o elenco que seria ideal para a adaptação de Matéria Escura.

{Especial Matéria Escura} Você é Feliz com a Vida que Tem?



O Especial sobre o livro do Blake Crouch essa semana, Matéria Escura, começou com a resenha e agora irei abordar uma das reflexões do livro que citei na resenha, a questão do "e se?" que está presente nas nossas vidas. Se eu tivesse feito isso, a situação seria diferente? Se eu tivesse virado à esquerda ao invés da direita, onde eu estaria hoje? Às vezes essas indagações vem invadir nossa mente, sendo que nunca teremos a resposta concreta, podendo apenas imaginar o que aconteceria.

Jason Dessen, o protagonista do livro, através de um experimento tem esse "privilégio" de saber como seria sua vida se tivesse feito escolhas diferentes no passado, questionando o quão feliz ele é com a vida que tem e se seria possível ser ainda mais feliz se tivesse escolhido alguma outra coisa. O que não é muito diferente se formos levar para a realidade e para os dias de hoje.

{Sorteio} Aniversário de 3 anos do Literaleitura!


Já são 3 anos de Literaleitura! Como o tempo passa rápido, não? Assim, para comemorar mais uma ano e agradecer a vocês que nos acompanham diariamente, organizamos um super sorteio com a colaboração de diversos blogs amigos, editoras e autores parceiros...então aproveitem, pois a festa é de vocês!

{Especial Matéria Escura: Resenha} Matéria Escura



Título: Matéria Escura
Autor: Blake Crouch
Editora: Intrínseca
Tradução: Alexandre Raposo
ISBN: 9788551001226
Número de Páginas: 352
Ano: 2017
Classificação: 

Essas são as últimas palavras que Jason Dessen ouve antes de acordar num laboratório, preso a uma maca. Raptado por um homem mascarado, Jason é levado para uma usina abandonada e deixado inconsciente. Quando acorda, um estranho sorri para ele, dizendo: “Bem-vindo de volta, amigo.”
Neste novo mundo, Jason leva outra vida. Sua esposa não é sua esposa, seu filho nunca nasceu e, em vez de professor numa universidade mediana, ele é um gênio da física quântica que conseguiu um feito inimaginável. Algo impossível. Será que é este seu mundo, e o outro é apenas um sonho? E, se esta não for a vida que ele sempre levou, como voltar para sua família e tudo que ele conhece por realidade?
Com ritmo veloz e muita ação, Matéria escura nos leva a um universo muito maior do que imaginamos, ao mesmo tempo em que comove ao colocar em primeiro plano o amor pela família. Marcante e intimista, seus múltiplos cenários compõem uma história que aborda questões profundamente humanas, como identidade, o peso das escolhas e até onde vamos para recuperar a vida com que sonhamos.

Você já parou para pensar como sua vida seria se tivesse tomado uma decisão passada diferente? Como você estaria hoje se tivesse desistido de algo ou buscado outras coisas? Se tivesse virado à esquerda ao invés da direita? Blake Crouch usa esse questionamento como plano de fundo de Matéria Escura, juntamente com bastante ação, ficção científica e física, capaz de fazer com que o leitor experimente várias emoções durante a leitura além de refletir sobre alguns assuntos.

As Mulheres de Gillian Flynn




Hoje, dia da mulher, em especial, não poderia faltar algum post relacionado a essa data. Para "comemorar", resolvi falar um pouco de Gillian Flynn e suas protagonistas, que são todas mulheres, tanto em Garota Exemplar, Objetos Cortantes, Lugares Escuros quanto no seu conto O Adulto.

Pra quem não conhece, Gillian Flynn consolidou sua fama através do livro Garota Exemplar, que foi adaptado para o cinema em 2014, agradando a crítica cinematográfica. Além de agradar nas telonas do cinema, o livro, que é um best-seller, é muito bem recebido pelos leitores, assim como os outros títulos escritos por Gillian. Lugares Escuros também já foi adaptado para o cinema e Objetos Cortantes será uma minissérie produzida pela HBO, com Amy Adams como protagonista.